Notícias dos Animais

27/MAI /2014Como lidar com cães que tem ciumes de outros pets 

 

 

Conhece alguém que possui um cachorro e ganhou ou adotou um novo cãozinho? O proprietário está feliz e ansioso para apresentar o novo companheiro ao peludo que já vive na casa, mas uma surpresa ou decepção pode ocorrer caso o pet mais antigo "sinta ciúme" da chegad do novo animal. Ele rosna, late, entra no meio, fica agressivo na presença do novo companheiro.

 

O filhote deve ser sociabilizado com cães, gatos e outros animais. Isso pode acontecer em casa ou em ambientes externos, como parques, ruas, pet shops. Tome cuidado com a apresentação dos cães, pois ela tem que ser a mais agradável possível para o filhote.

 

Por exemplo: escolha um cão tranquilo e calmo que sabia interagir e não um agitado e ansioso que vai pular e partir como um louco para cima de seu cãozinho. Esse período coincide com a época das vacinas. Porém, o cheiro e contato, mesmo a distancia, ajudam muito na sociabilização. Leve seu cão no colo ao parque, pracinha ou pet shop. O cão deve sentir confiança e alegria ao estar perto de outros compartilhando seu dono.

 

Em qualquer tipo de ciúme (pessoas ou outro pet), o inicio do problema comportamental ocorre pela falta de regras em situações do dia a dia e só fica visível ao proprietário quando está em um nível avançado. Qualquer tipo de ciúme demonstrado deve ser corrigido desde o inicio.


O pet deve associar que a aproximação de outro cão vai trazer “coisas” boas.


Alguns exercícios que podem ajudar.

 


• Quando estiver fazendo carinho em um cão e o outro se aproximar, faça ainda mais carinho no ciumento, para ele associar a chegada de outro ao ganho e não perda de atenção. O dono também pode deixar de fazer carinho no ciumento quando o outro se afastar;


• Faça uma “chuva” de petiscos quando o outro animal se aproximar;


• Exercícios de liderança: jogue um petisco no chão e não deixe ele pegar sem sua autorização. Abra a porta de casa é só deixe sair com sua ordem;


• Lembre-se de trabalhar os estímulos aos poucos. Por exemplo: Se o cachorro fica ciumento com a aproximação do outro à distancia de 1 metro, trabalhe e diminua aos poucos;


• O proprietário também pode trabalhar com repreensões, quando o pet demonstrar ciúme de maneira agressiva. A bronca pode ser ignorar o cão, usar borrifador com água ou cacoalhar uma lata com moedas. O importante é deixar claro para o cachorro que o ciúme gera punição, e a interação com outros cães e proprietário gera recompensa;


• Faça comandos do tipo "senta", "deita", "fica", com os dois cães para recompensar o trabalho em equipe;


• Faça passeios com os dois pets juntos;


Caso não consiga controlar o problema, o ideal é contar com a ajuda de um profissional especializado em comportamento animal para auxiliá-lo, ainda mais se as demonstrações de ciúme estiverem colocando

 

 

 

Texto: Rodrigo Caldarelli (Adestrador da Cão Cidadão)

Revisão e Edição Final: Alex Candido

Fonte e Foto: Blog do Dr. Pet

  • Nenhum comentário
  • Envie seu comentário

 

 

 

 

 

Rua Fernão Dias, 1281 | Vila Adileta, Assis - SP | 18 3323-4355 / 3323-8048 / 9705-7964

© Cia das Patas - Pet Shop e Clínica Veterinária

Desenvolvimento: Key Webmarketing