Guia de Raças Gatos

Domesticado primeiramente no oriente médio, o gato doméstico (Felis catus) é o resultado do cruzamentos de diversas espécimes de gatos selvagens. É um animal de tamanho pequeno a médio, independente, muito inteligente, sociável e curioso. As características comportamentais do gato podem variar dependendo da raça, idade e sexo. Existem atualmente mais de 200 raças de gatos, distintas entre sí pelo tamanho, tipo e cor de pelagem, temperamento, entre outras características.

 

De origem indiana, o abissínio é um gato ativo, ágil, independente, tímido e inteligente. O abissínio aprende com facilidade, é muito curioso e sociável com pessoas e também com outros animais.

 

A marcação da pelagem do abissínio, denominada ticking, apresenta faixas mais escuras ao longo dos pelos, dando a impressão de uma pelagem "rajada". O abissínio gosta e precisa de exercício diário, seja fora de casa ou até mesmo em espaços menores, desde que possa exercitar-se regularmente.

 

Caso precise permanecer muito tempo em ambientes pequenos, é extremamente recomendável que possa interagir e brincar com outros gatos, pessoas e até mesmo com outros animais.

O american shorthair é uma verdadeira raça de trabalho. É conhecida pela sua longevidade, saúde, docilidade com crianças e cães, além da sua beleza e temperamento quieto.

 

Resistente, esta raça tem seu corpo muito bem proporcionado, forte, ágil, balanceado e simétrico. Seu corpo é mais comprido do que alto, de tamanho médio para grande. As fêmeas devem ser menos robustas em todos os aspéctos, e devem ser premiadas igualmente, se as proporções gerais estiverem de acordo.

 

Os olhos do american shorthair são grandes e amendoados, brilhanes e alerta. A distância entre os olhos deve ser de, pelo menos, o equivalente a um olho. Os cantos externos dos olhos são levemente mais altos que os cantos internos.

 

A pelagem do american shorthair é curta, e de textura dura. Variações na grossura dos pelos são permitidas de acordo com a região e estação do ano. A pelagem é densa o suficiente para proteção do tempo, frio e cortes superficiais na pele.

O Angorá é provavelmente uma das raças de gato mais antigas. Proveniente da região de Ancara, na Turquia, a raça é conhecida na Europa desde o início do século XVII.

 

Trata-se de um gato dócil, brincalhão e amistoso. Gosta de companhia e costuma ser muito apegado ao dono. É um animal inteligente e carinhoso.

 

Os exemplares da raça Angorá tem tamanho médio, são muito elegantes, e apresentam uma linda pelagem semi longa. As cores aceitas além do branco são o preto, azul, tricolor e escama de tartaruga.

 

As únicas cores não aceitas para a raça são as que demonstram um eventual cruzamento com gatos siameses.

O bengal é uma raça relativamente recente, descendente direto do leopardo asiático, ou gato-leopardo. O leopardo asiático é um gato selvagem encontrado principalmente no sudeste da Ásia.

 

O bengal é um gato de tamanho médio a grande, musculoso, robusto, apresentando formato de corpo alongado. A cabeça da raça bengal é realtivamente grande, ligeiramente mais longa do que larga e com contornos arredondados.

 

As orelhas tem tamanho pequeno, são arredondadas na ponta e pontiagudas. Os olhos do bengal são grandes, ligeiramente oblíquos e tem formato ovalado.

 

Todas as cores são aceitas, com exceção do azul e do azul-claro.

 

A cauda do bengal apresenta comprimento médio, larga na base, afilando em direção a ponta. A pelagem da raça bengal é curta, muito macia, abundante, brilhante e sedosa.

O brazilian shorthair, ou pelo curto brasileiro é a primeira raça de gato brasileira a ser reconhecida pela WCF (World Cat Federation).

 

A raça brazilian shorthair foi criada no Brasil através do cruzamento entre as raças de pelo curto trazidas por imigrantes europeus, desenvolvendo o seu próprio padrão.

 

O corpo do brazilian shorthair é de tamanho médio, bem proporcionado, musculoso e elegante. O pelo da raça é curto, brilhante e bem assentado ao corpo.

 

Apresenta textura sedosa e não possui sub-pelo. A cabeça do brazilian shorthair tem tamanho médio, as orelhas são largas na base e os olhos são grandes, redondos, com coloração correspondente a cor da pelagem.

O british shorthair é, provavelmente a mais antiga raça de gato da Inglaterra.

 

São excelentes companheiros para toda a família. São tímidos, amistosos e muito afetuosos.

 

É um gato elegante, compacto, bem balanceado e forte, que prefere estar no chão, e não tem entre suas especialidades a velocidade, ou a agilidade.

 

A cabeça é arredondada, com bom espaço entre as orelhas.

 

O british shorthair uma raça de desenvolvimento lento, e as fêmeas devem ser menos robustas que os machos em todos os aspéctos. O tamanho é de médio para grande, os olhos são grandes, redondos e bem abertos. Sua pelagem é curta, muito densa, rente ao corpo, e firme ao toque.

O cornish rex é gato afetuoso e apegado ao dono. Não é um gato tímido, nem mesmo com estranhos. Gosta de estar sempre por perto e é considerado um gato extremamente ativo.

 

É um gato, sem dúvida, muito curioso, aventureiro e inteligente. Gosta de correr, fazer acrobacias e brincar com outros gatos. É uma excelente companhia para as crianças e outros animais de estimação.

 

O cornish rex é fequentemente comparado a raça de cães greyhound, por seu aspecto exótico, formato do corpo alongado, e pela corrida similar ao 'galope' desta raça.

 

O corpo do cornish rex tem formato alongado, de tamanho médio. A pelagem é bastante fina, sedosa, o que sugere ser um gato que vive melhor em ambientes internos do que fora de casa.

O Egyptian Mau é uma raça antiga. É um gato de tamanho médio, pelagem curta, muito elegante, rápido e musculoso.

 

A origem da raça é incerta, porém acredita-se que o Egytian Mau seja decendente de gatos selvagens africanos.

 

O Egytian Mau é um gato independente, inteligente e muito apegado ao dono.

 

Ainda em relação ao temperamento, a raça é bastante territorial e não costuma aceitar animais e pessoas estranhas com facilidade.

Este é um charmoso gato de tamanho grande, muito parecido com o persa, mas de pêlo curto.

 

O exótico ideal deve aparentar um gato bem balanceado, com expressão doce e suave, estrutura óssea pesada, e pelo muito cheio e denso, o que acentua a sua aparência arrendondada.

 

O exótico tem boa musculatura, sem evidência de obesidade.

 

Os olhos do exótico são grandes, redondos, de cor brilhante, e cheios. São nivelados e distantes entre sí, tornando sua expressão muito doce.

 

O exótico é um excelente gato de companhia. É muito amigável, brincalhão, carinhoso, e gosta de estar sempre por perto. Mesmo depois de adulto o exótico vai continuar brincalhão e cheio de vida.

O himalaio é uma raça que foi criada à partir do cruzamento entre o persa e o siamês. É um gato de tamanho médio, pelagem longa, com tipo físico idêntico ao persa, com exceção dos olhos azuis e da coloração da pelagem.

 

Assim como o persa, o himalaio tem formato de corpo arredondado (cobby) e patas curtas. Muito inteligente, o himalaio possui temperamento doce e afetuoso. Em geral muito sociável, o himalaio é considerado um excelente companheiro para ambientes internos.

 

É uma raça gentil, calma, e assim como o siamês, adora brincar. Devido ao cruzamento com esta raça, o himalaio costuma ser mais ativo do que o persa.

Originalmente um gato de trabalho, o maine coon é resistente, rústico, capaz de suportar as interpéries. Seu pelo é macio e seu corpo muito bem proporcionado, de aparência retangular e balanceada, sem partes exageradas em tamanho.

 

O maine coon é musculoso, de tamanho grande. As fêmeas, geralmente são menores que os machos. Os olhos da raça maine coon são grandes e expressivos. As cores dos olhos são verdes ou douradas.

 

É um gato de fácil adaptação, e essencialmente muito amigável. Sua pelagem é sedosa, caindo levemente. É curta nos ombros e mais longa na região do estômago.

O norwegian forest é um gato nativo da região norte da Europa. É um gato forte, de porte grande e conformação similar ao maine coon.

 

É um gato que se adapta bem em regiões muito frias. Sua pelagem externa à prova d'água mantém o corpo protegido da chuva e do vento, enquanto o grosso e lanoso sub-pelo ajuda a manter a temperatura.

 

Atualmente, o norwegian forest, ou noruguês da floresta, é muito popular na Noruega, na Suécia e também na França.

 

O norgwegian forest é um gato desconfiado, cauteloso e independente, que adora ficar em espaços externos. Ao mesmo tempo, é uma raça afetuosa, que aprecia a companhia do dono.

O oriental é um gato esbelto, de linhas longas, mas muito musculoso. Tem excelente condição física, é forte e magro.

 

O corpo do gato oriental é longo, uma combinação de ossos finos e músculos firmes.

 

Os machos são proporcionalmente maiores do que as fêmeas. Os olhos são amendoados, de tamanho médio e de coloração verde.

 

Orientais brancos e bi-colores podem ter olhos de coloração azul ou verde.

 

A pelagem pode apresentar-se curta ou longa. Os exemplares de pelo curto, apresentam pelagem de textura fina, caindo bem rente ao corpo. Já os exemplares de pelagem longa, apresentam pelos de tamanho médio. São finos, sedosos, também caindo rente ao corpo.

O persa ideal deve aparentar um gato bem balanceado, com expressão doce e suave, estrutura óssea pesada, e pêlo muito cheio e denso, o que acentua a sua aparência arrendondada.

 

A pelagem do persa é longa em todo o corpo, e muito cheia. De textura fina, lisa e cheia de vida.

 

O persa é um gato elegante, compacto, bem balanceado, forte, que prefere estar no chão. Não tem entre suas especialidades a velocidade, ou a agilidade.

A cabeça do gato persa é arredondada, com bom espaço entre as orelhas.

A raça ragdoll é relativamente recente, sua criação teve início na década de 60.

 

É, sem dúvida, um dos maiores gatos domésticos, podendo pesar mais de 9 kg.

 

O ragdoll possui lindos olhos azuis, pelagem semi-longa, abundante e macia.

 

O ragdoll é um gato extremamente dócil. O excesso de docilidade faz do ragdoll um gato que se adapta melhor em ambientes internos, pois livre é indefeso.

 

Gosta de carinho, é afetuoso e muito apegado ao dono. É inteligente, quieto, gentil e de fácil trato.

O sagrado da birmânia é um gato legendário e misterioso. É grande, de pelagem longa e sedosa. Os olhos, quase redondos, são preferencialmente escuros e bem separados, o que dá a face uma expressão muito doce. Os pés devem ser brancos, com quatro luvas perfeitamente simétricas.

 

A pelagem é de média a longa, de textura sedosa. O temperamento do sagrado da birmânia é equilibrado. É um gato gentil, ativo, brincalhão, mas tranquilo. Não pede atenção insistentemente, mas é carinhoso e gosta de companhia.

 

É um gato para ficar dentro de casa, pois precisa muito estar junto com a família, e tem um temperamento dócil e amistoso.

 

Adora ganhar colo e carinho, e sempre vai fazer o possível para acompanhar os donos por onde eles estiverem.

Uma característica marcante nesta raça é a sua cor branca. Talvez o mais antigo dos gatos, o siamês tem tamanho médio, é esbelto, refinado, elegante, magro, mas musculoso.

 

Os machos siameses são proporcionalmente maiores do que as fêmeas. O siamês é um gato gracioso, uma distinta combinação de ossos finos e músculos.

 

O siamês é resistente, tem excelente condição física e não é gordo.

 

Os olhos são amendoados, de tamanho médio. A pelagem é curta e sedosa, muito macia e predominantemente branca.

 

É um gato inteligente, curioso e de natureza amável.

 

 

Fonte: www.guiaderacas.com.br

 

 

 

 

 

Rua Fernão Dias, 1281 | Vila Adileta, Assis - SP | 18 3323-4355 / 3323-8048 / 9705-7964

© Cia das Patas - Pet Shop e Clínica Veterinária

Desenvolvimento: Key Webmarketing